Segunda Parte da Carta Misteriosa

Quem dera se eu não tivesse tido aquela conversa com ele naquela noite, enquanto ele fumava um daqueles seus fedorentos cachimbos na varanda…

Repito, as outras páginas serão apenas notas. Você terá de se virar com elas como puder.

Ouço um barulho lá embaixo. Eu deveria ter tido medo de entrar nessa casa, da forma como ela se diferencia em meio a todo esse cemitério arquitetônico. Até achei o porão seguro. Deveria ter ido para lá, e não para o sótão, mas desde que

Não, não há tempo para escrever isso. Há outros lugares melhores por onde começar:

As ruínas Dhakaani em Darguun. Quando estive lá, percebi que algo deu errado. Pena ter-me distraído com minha infrutífera tentativa de encontrar pessoas que estiveram no circo de Sharn naquela noite de Sypheros. Aquilo é um beco sem saída, tenho certeza, ou pelo menos algo que não valha maior atenção.

O circo pode ter alguma relação, mas Sypheros é um impasse. Ou uma armadilha, ao menos. É sua mente que você deve preservar, acima de tudo.

SE ENCONTRAR A CAIXA VERMELHA, NÃO ABRA. Seu conteúdo lhe permitirá algum benefício, mas o preço a pagar será alto, no final. É A CAIXA VERMELHA QUE FAZ OS INSETOS ENTRAREM.

Desculpe-me. Eles estão em cima de mim, fazendo-me pensar neles, impedindo-me de escrever o que tenho de escrever.

TUDO QUE EU ESCREVO AQUI PODE SER UMA FARSA. BASEIE-SE NAS NOTAS QUE VIRÃO MAIS TARDE. ESTE DOCUMENTO ESTÁ MANCHADO PELOS INSETOS DAELKYR. NÃO PODE SER ACREDITADO, A NÃO SER CONTEST CONTEXTUALMENTE.

As ruínas. As ruínas. As ruínas.

Jorasco. Não são os colaboradores, como eu pensava. É um dos pacientes. Um deles sabe mais do que ele pensa.

Também houve a viagem para o Clube de Moonwatch. Com certeza eles estavam mentindo para mim por lá. Mas, naquele momento, eu já havia aberto a caixa vermelha. Eles podem ser como nós, e me viram como uma ameaça. Ou podem ser do lado de lá.

QUANDO EU FALO DA CAIXA VERMELHA, NÃO É UMA CAIXA, NA VERDADE, É UM LIVRO. QUER DIZER, EU CONFUNDO A CAIXA COM O LIVRO. A CAIXA É UMA AMEAÇA, É VERDADE, MAS É O LIVRO A REAL (O livro contém um encantamento que revela as falhas no tecido da realidade, ou seja, revela que a falha está nos PCs).

Segunda Parte da Carta Misteriosa

Nova Khorvaire alyssonlago alyssonlago